Ou, "eu Nunca Serei Magro?

23 May 2018 04:29
Tags

Back to list of posts

Capture-vi.jpg Até que ponto a genética podes influenciar o ganho de massa magra ou a perda de calorias? Desta vez, pedimos auxílio ao conceituado nutricionista Clayton Camargos, de Brasília. A acompanhar, ele tira questões a respeito do conteúdo. Até que ponto a genética tem seriedade no momento em que se trata de obter seus objetivos? CC - Vários tentam durante anos hipertrofiar a musculatura, algumas vezes, sem sucesso.Outros tentam imensas alternativas para diminuir o peso corporal, sem o retorno desejado. Ambos parecem condenados na genética: "eu nunca irei ser musculoso? Ou, "eu nunca serei magro? Em começo, outras características genéticas não poderá ser alteradas, tal qual a maneira como os músculos são moldados. O melhor exemplo são os músculos abdominais: novas pessoas têm 6 (ou mesmo oito) placas ou "gomos" colastrina simétricos, durante o tempo que outros têm menos de 6 com a forma, tamanho e simetria mais aleatórios.Alguns têm 3 placas de um lado e duas de outro, sem a massa magra pronunciado em todos os "gomos". Nenhuma quantidade ou qualidade de treinamento conseguirá exatamente variar isso. Com efeito, no momento em que se trata do hipertrofia em algumas pessoas, áreas como as panturrilhas e os antebraços são notoriamente difíceis de hipertrofiar, mesmo com treinamento inteligente e dedicado. Qualquer pessoa pode continuar potente, receber músculo ou perder gordura? CC - Cada pessoa pode hipertrofiar com a dieta e o treinamento físico adequados: estudos revelam que indivíduos, mesmo com mais de 90 anos de idade, podem obter massa muscular significativa se submetidos aos exercícios com treinamento de peso. Contudo, todo nós temos um determinado limite genético pro progresso muscular, que poderá variar de pessoa para pessoa. Em um direito nível de atividade física e restrição de calorias, todos são capazes de continuar magros.Esse grau talvez não seja agradável, contudo os resultados são obviamente alcançáveis com a estrita observância de uma dieta e programa de exercícios cuidadosamente planejados. Como são as características de qualquer um? CC - Sim. Essa pergunta poderá ser de fato previsível com apoio nos três principais tipos corporais (famosos como somatotipo), ectomorfos, mesomorfos e endomorfos. O ectomorfo é o característico sujeito magro, com uma suporte corporal leve, pequenas articulações e musculatura delgada. Geralmente, com pernas muito finas e músculos fibrosos. Os ombros tendem a ser estreitos, com pouca largura.Promove a saciedade Opção quatro: 4 morangos Omelete de legumes com dois claras e um gema + três col. (sopa) de seleta de legumes / ou quatro paus de canelaTêm as seguintes características: delicada infraestrutura óssea, complexidade para ganhar calorias e metabolismo veloz. O metabolismo ligeiro produz um consumo de energia mais violento, o que exige uma amplo quantidade de calorias pra ganhar peso. Seus exercícios precisam ser intensos e com questão em grandes grupos musculares, usando os exercícios básicos, compostos. Os ectomorfos precisam comer mais carboidratos e calorias, inclusive, antes de dormir pra impedir o catabolismo muscular durante a noite. Os indivíduos mesomorfos têm uma infraestrutura óssea larga, músculos grandes e um corpo naturalmente atlético. Desta maneira, não surpreendentemente, são o melhor tipo de corpo para musculação. colastrina Os mesomorfos puros, sem ação dos outros tipos corporais, têm a técnica de ganho de massa muscular muscular sem ganho de peso de gordura, principlamente no começo de seus esforços sob treinamento de peso.O tipo de organismo mesomorfo responde bem aos treinos de carga, e os ganhos geralmente são vistos rapidamente, sobretudo em indivíduos estreantes em treinos de carga. Estes normalmente ganham tecido adiposo com mais facilidade que os ectomorfos, principalmente se não estiverem ativos, entretanto, conforme prontamente comentado, alguns tipos mais "puros" conseguem receber massa muscular sem gordura. O tipo de corpo endomorfo é geralmente "macio", "roliço".Ganham peso de gordura muito facilmente, destacadamente pela parte central do organismo (região abdominal, flancos, quadris e coxas), são menos longilíneos, com músculos fortes, braços, pescoços e pernas grossas - de forma especial as coxas. Os endomorfos tendem a ter agradável desempenho em exercícios de participantes inferiores, como o agachamento. As características gerais são: organismo redondo, pré dedicação pra ganho muscular e de gordura (este em superior proporção), geralmente baixos e atarracados, resistentes pra perda de gordura e com metabolismo mais lerdo. Quando se trata de treinamento, os endomorfos ganham volume corporal com certa facilidade. Infelizmente, boa porção é procedente de tecido adiposo e não de músculo.Para controlar o acrescentamento da gordura corporal, esses indivíduos necessitam sempre perceber o consumo de carboidratos, gorduras e a ingestão do volume calórico. É possível ter uma mistura de tipos corporais? Um outro local divertido que eu adoro e cita-se a respeito do mesmo assunto nesse site é o web site acesse aqui. Pode ser que você goste de ler mais a respeito nele. CC - A maioria das pessoas é uma combinação de pelo menos 2 dos três tipos de corpo retro comentados. Desta forma, não desejamos simplesmente rotular alguns indivíduos exclusivamente como gordos, magros ou musculosos…Cada pessoa tem um perfil genético, fisiológico, metabólico que sofre interferências sociais, culturais e meio ambientais.

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License